Dicas para desenho: Espessura do traço



"Então olha eu aqui de novo esse vai ser um texto bônus dessa semana, tô melhorando como escritor também, embora minhas tirinhas estejam ficando um pouco de lado, kkkk, não faz mal o intuito sempre foi fazer um hibrido entre tutoriais, dicas e tiras mesmo, tô planejando lançar uma serie em quadrinho, se torna mais fácil fazer aventuras do que piadas aleatórias. Bem dessa vez vai ser um texto acho que menor que as habituais 500 palavras heuheue, será focado no traço, mais especificamente na sua espessura."


Então para falar de espessura do traço fica melhor mostrar do que falar não acha? Repare na primeira imagem:


Agora na segunda:


Então? Notou algo? Não, não são as pernas do Goku que estão bugadas (embora realmente estejam kkk).

O segundo tem um diferencial não acha? Pois bem o primeiro não foi arte-finalizado, deixando-o bem, digamos, normal? na verdade é o desenho em lápis. no segundo caso temos o mesmo com o traço totalmente arte-finalizado. Pois bem, acho que concordamos que a qualidade do desenho tá intimamente ligado a forma com que ele é finalizado. Notou a variedade nas espessuras do traço? esse é o grande "truque".

Digitalmente no processo de finalização temos ao alcance do mouse vários “pinceis” com variados efeitos que agilizam esse processo, facilitando a vida do desenhista na hora de trabalhar, vinde Paint tool sai.
Referência: mybrushes-app.com
Manualmente já é um pouco complicado, quando falta pratica (que falta faz um ctrl + Z quando se erra o traço). Na hora da arte-final pode-se fazer uso de lápis, canetas, pinceis, penas, bem não importa o instrumento mas sim chegar a um efeito visual agradável. Deixa o desenho com um ar mais profissional quando se conclui o traço da maneira "certa".
Como dito o truque é simples, as variedades na espessura das linhas trazem um efeito de volume ao desenho.
Para tal segue-se o seguinte principio: extremidades das linhas serão afiladas, enquanto o meio, principalmente se curvado, será mais espesso, deve-se levar em conta a direção da luz do ambiente, o lado mais escuro também será mais grosso. Mas tenha cuidado, não exagere no uso, deixar traços muito largo pode acarretar num desenho pesado e feio.

Quem tem prática com bico de pena e pincel conseguem efeito lindíssimos, mas iniciantes (como eu) ainda se apegam as canetas do tipo nanquim para imitar o traça produzidos pelos dois anteriores, e aos que usam mesa digitalizadora conseguem o efeito facilmente (chega a ser trapaça kkkk). Tem a opção de trabalha com a pressão da caneta, mas convenhamos, sai mais cômodo usar efeitos mesmo.

Referência: www.mateuscena.com.br
Os efeitos na espessura das linhas também podem ser utilizados para diferencia objetos mais distantes dos mais próximo ao plano (Reparem na esfera que está mais próxima a tela). Quanto mais espesso mais próximo e quando mais afilado mais distante, coisas a ser abordado em outras dicas.
São conceitos bem básicos no entanto diretos.

Então:

1 – Variar na espessura das linhas de seus desenhos traz um diferencial a ele, lembrando que extremidades são afiladas, meio espesso;

2 – Utilize-se de pinceis e bico de pena para produzir tais efeitos se você ainda se utilizar do processo manual, embora para tal você já deva ter um pouco de experiência em finalização com caneta, já que o a dificuldade é maior.

3 – Canetas do tipo nanquim podem ser utilizadas para simular o efeito de um pincel ou caneta bico de pena, ainda faço uso delas, mas se você possui uma mesa digitalizadora esse passo já estará ao alcance de seu mouse.

4 – Fazer uso do diferencial no traço pode servir também para indicar distancia, onde quanto mais espesso mais próximo, quando mais fraco mais distante, utilizado para cenários.

5 – De início não dar para entender como esse método funciona, então terá que praticar e observar bastante, paciência e treino e logo chegará ao resultado proposto.

Essas são mais 5 dicas toscas para que você possa melhorar seus desenhos, ou não vai saber, pra mim serviu kkkk.

No fim passou das 500 palavras.
Curtam, compartilhem e comentem, ou não vocês não são obrigados.


Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário